Cantora Elza Soares morre aos 91 anos no Rio – Blotz – Site de notícias para você ficar bem informado.
Site Overlay

Cantora Elza Soares morre aos 91 anos no Rio

Morreu na tarde desta quinta-feira (20), uma das principais cantoras do país, Elza Soares, aos 91 anos, no Rio de Janeiro. A artista morreu em sua residência. Por meio de uma nota, a família da cantora confirmou sua morte.

“É com muita tristeza e pesar que informamos o falecimento da cantora e compositora Elza Soares, aos 91 anos, às 15 horas e 45 minutos em sua casa, no Rio de Janeiro, por causas naturais. Ícone da música brasileira, considerada uma das maiores artistas do mundo, a cantora eleita como a Voz do Milênio teve uma vida apoteótica, intensa, que emocionou o mundo com sua voz, sua força e sua determinação”, declarou o comunicado.

O comunicado ainda completou: “A amada e eterna Elza descansou, mas estará para sempre na história da música e em nossos corações e dos milhares fãs por todo mundo. Feita a vontade de Elza Soares, ela cantou até o fim”.

O comunicado, compartilhado nas redes sociais, foi devidamente assinalado por Pedro Loureiro, Vanessa Soares, familiares e equipe da artista.

A trajetória de Elza Soares

Elza Gomes da Conceição, iniciou no mundo da música cantando sambalanço com Se Acaso Você Chegasse em 1959, e se dedicou ao gênero nos anos 60. Nos 34 discos lançados, a famosa deu a voz a vários gêneros, como o samba, do jazz, da música eletrônica, do hip hop e até mesmo o funk.

Seu último trabalho lançado foi o álbum Planeta Fome em 2019. Depois disso, a cantora já vinha dizendo que não tinha planos determinados para outro álbum este ano.

Eduardo Paes decretará luto de 3 dias pela morte de Elza Soares

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, anunciou que fará luto de três dias na cidade a partir desta sexta-feira (21), em memória do falecimento da cantora. Ela morreu de causas naturais aos 91 anos.

“Amanhã decreto luto oficial de 3 dias no Rio pela perda dessa grande carioca! Mulher! Guerreira! Elza Vive!”, soltou Paes em suas redes sociais.

Outro político que também se manifestou foi o governador Cláudio Castro, que em suas redes sociais escreveu: “Elza Soares é imortal. Faz parte da constelação das grandes personagens mundiais. É também símbolo de luta, superação, talento e perseverança. Entristece o mundo da música ao nos deixar, e no dia marcado também pelo falecimento de Garrincha, que marcou sua vida. Não poderíamos deixar de homenageá-la e vamos abrir as portas do Theatro Municipal do Rio para o seu velório. Uma estrela que sempre brilhará”.