Falecimento de MC Kevin completa um ano nesta semana; veja o que se sabe até agora – Blotz – Site de notícias para você ficar bem informado.
Site Overlay

Falecimento de MC Kevin completa um ano nesta semana; veja o que se sabe até agora

Falecimento de MC Kevin completa um ano nesta semana; veja o que se sabe até agora

O funkeiro tinha 23 anos após cair da sacada de um hotel na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

© Instagram/@mckevin

Segunda-feira (16) marca o aniversário de um ano da morte do cantor de funk Kevin Nascimento Bueno, conhecido como MC Kevin. Ele tinha 23 anos quando caiu da sacada de um hotel na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

Na época, suspeitava-se que a morte tivesse ocorrido após usar drogas ou tentar pular na piscina da varanda de um quarto de hotel.

Outra hipótese levantada sobre o incidente é que o cantor tentou impedir sua esposa, a advogada Deolane Bezerra, de pegá-lo sob uma escolta luxuosa em um quarto de hotel. A divulgação foi noticiada pela colega Bianca Dominguez e três outros amigos da cantora – incluindo o funkista Victor Elias Fontenelle, mais conhecido como MC VK – que estavam em um quarto do Brisa Barra Hotel com Kevin.

Depois que o músico acordou, Deolane Bezerra, que se casou com MC Kevin um mês antes do incidente, culpou a amizade pelo ocorrido. “Estou cansada de dizer a Kevin para ter cuidado, manter os olhos abertos. Ele tem muitos amigos falsos, vampiros. Isso é amizade”, disse ela, referindo-se à morte do artista.

No entanto, uma investigação policial sobre o caso concluiu que foi um acidente e encerrou a investigação. A 16ª Delegacia do Rio disse em nota: “Fato trágico, mas atípico, de que não há previsão criminal legal para os envolvidos”.

Nascido na Vila Ede, comunidade ao norte de São Paulo, os sucessos de MC Kevin incluem “Pra Inveja É Tchau” (que explodiu em 2018 com mais de 220 milhões de visualizações no YouTube), “Cavalo de Tróia” e “Media vergonha”.

Sua personalidade é conhecida não apenas pelo talento artístico, mas também pelas polêmicas em que o artista se envolve. Um exemplo disso são suas postagens nas redes sociais que minimizam denúncias de assédio sexual de mulheres que usam roupas curtas. “Tudo no Instagram Stories se destaca, e claro que tem um cara que vai elogiar, sim, porque se fizer, é elogio. impossível”, disse ele em uma publicação.

Outro caso ocorreu quando o cantor contraiu Covid-19 e não praticou distanciamento social, situação que levou ao seu pedido de desculpas público. “Eu estava errado, e pior, não controlei meu desejo de liberdade, que é natural em qualquer jovem da minha idade, e expus aqueles ao meu redor”, declarou a cantora.

Após inúmeras parcerias com músicos como MC Guimê, a vigília do artista foi realizada na Escola de Samba Unidos de Vila Maria, além da sessão de fogos de artifício e aplausos, com a participação de MC Brinquedo, MC Livinho e MC Kekel entre outras pessoas.