Funcionário recebe rescisão de R$ 5 mil em moedas após demissão – Blotz – Site de notícias para você ficar bem informado.
Site Overlay

Funcionário recebe rescisão de R$ 5 mil em moedas após demissão

Um empregador para se vingar de seu funcionário, resolveu pagar sua rescisão contratual no valor de US$ 915 (equivalente a um pouco mais de R$ 5 mil) em centenas de milhares de moedas. Tudo por que a desligamento do funcionário da empresa não ocorreu de forma amigável.

Andreas Flaten, de Peachtree City, da Geórgia (EUA), ficou sem acreditar no que acabara encontrar em sua garagem: Uma pilha de moedas recheadas de óleo, não bastasse isso, seu ex-patrão ainda lhe escreveu um bilhete com os seguintes dizeres: “vá se ferrar!”

Este hilário caso se sucedeu depois que Flaten pediu demissão da empresa Auto Works, ele também comunicou que cumpriria o aviso prévio de duas semanas. No entanto, segundo o desabafo da namorada de Flaten nas redes sociais, o patrão começou a tratar o então funcionário de maneira estranha depois do comunicado.

“[Miles] Fez um dia de trabalho normal um inferno, fazendo comentários desnecessários sobre a filha do meu namorado e sendo um idiota completo, essas duas semanas se transformaram em cinco dias. Meu namorado respeitosamente entregou seus uniformes lavados e uma carta explicando que ele estava saindo mais cedo”, desabafou, Olivia Oxley.

Flaten tinha direito a receber a quantia de US$ 915, porem seu chefe se recusava a pagar a dívida. O homem precisou entrar com um pedido de ajuda no Departamento de Trabalho da Geórgia.

Em poucas semanas, a resposta hostil veio do patrão, com o pagamento em inúmeras moedas. A mulher disse que até encontrou uma da data de 1937 entre as pilhas de moeda, quando a Segunda Guerra Mundial ainda nem havia começado. Flaten alegou que os centavos não podiam ser recolhidos, pois estavam cobertos de óleo.

“Não podemos nem mesmo levantar todos os centavos porque eles estão cobertos por algum tipo de óleo. Quem diabos sabe como íamos tirá-los da garagem, colocá-los no carro, sair do carro novamente e entrar em um banco”, queixou-se o ex-funcionário à Justiça.

Procurado pela TV WGCL, Miles Walker se defendeu: “Eu realmente não me lembro. Não importa, se ele foi pago, isso é tudo o que importa.”

“Depois da primeira pá cheia, tudo o que pudemos fazer foi rir, porque esse pobre homem miserável demorou muito para ser vingativo e cruel. Nós nos recusamos terminantemente a deixá-lo arruinar um único momento nosso.” disse a namorada de Flaten. Confira o vídeo.

https://www.instagram.com/p/CMXH1u0nzUT/

Você faria isso como moeda de vingança?