Menina de 3 anos é atacada por roedor e precisou de atendimento urgente – Blotz – Site de notícias para você ficar bem informado.
Site Overlay

Menina de 3 anos é atacada por roedor e precisou de atendimento urgente

Sabemos que crianças são mais suscetíveis a ataques repentinos de animais ferozes, algumas vezes até com os cães devemos ter um certo cuidado para que o menor não vire vítima de uma mordida. Claro que não é todo caso, esse por exemplo surpreendeu até a mãe da menina que jamais havia presenciado algo assim.

Esse caso incomum ocorreu no último domingo (20) em uma cidade de nome Santa Maria. Segundo informações levantadas pelo site Metrópoles, Cintia D’arc Motta estava dormindo quando foi alarmado pelos gritos de sua filha pequena de apenas 3 anos.

Logo após que se levantou para atender a criança, a mãe foi surpreendida. A mulher encontrou sua menina com parte do rosto ensanguentado e gritando bastante. Rapidamente ela ligou para o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) para prestar socorro devido à criança.

A criança foi atacada por um rato que subiu no meio da noite em sua cama e lhe mordeu na parte externa dos olhos. Cintia usou as redes sociais para desabafar sobre o caso assustador que passou com a filha e recebeu apoio de internautas.

Uma vizinha da mesma comunidade em que mora a menina de 3 anos e sua mãe, comentou que os problemas com pragas e insetos são recorrentes no bairro.

Segundo a mulher, mesmo que o quintal fosse mantido limpo, o local tinha esgoto a céu aberto, foco para a proliferação e presença de roedores e animais peçonhentos. Mesmo tendo cuidado com entulhos e lixo no quintal da casa, o aparecimento de ratos, baratas e escorpiões eram presentes.

Suspeita-se que os roedores tenham vindo das poças de lixo perto da casa da família de Cintia.

A mulher ainda contou o momento horrível em que viu a filha ser atacada: “Pensei que minha filha iria perder a visão dela”.

Assustada e ainda um pouco desacredita da situação, Cintia diz que “quase morreu ao ver uma cena incrível dessas“, ocorrendo em sua própria casa.

A situação da menina está sob controle, ela apresentou febre e foi levada até um hospital da cidade de Santa Maria. De acordo com a família, ela já foi liberada pelos médicos e se recupera em sua casa.